sábado, 22 de maio de 2010

Silas Malafaia explica porque renunciou a vice-presidência da CGADB

Carta Aberta aos pastores da Convenção


O pastor Silas Malafaia publicou, no último dia 19, no site da Assembléia de Deus Vitória em Cristo (ex- AD Penha, já com logo novo) motivos pela sua renúncia a vice-presidência da Convenção Geral.

Ele explica, que sua saída se dá pelo fato de ter assumido, repentinamente, a presidência da AD da Penha, atual AD Vitória em Cristo, e ainda estar a frente das organizações Vitória em Cristo, ele não cita a mentoria da AD Bom Retiro, que assumiu em março passado, quando o pastor Jabes Alencar se ausentou para cuidados médicos.

Cita ainda, que não vai abrir convenção e nem mesmo vai aceitar “rebeldes”, como ele mesmo diz na carta, em seus quadros. Afirma que “o melhor modelo de liderança é o da liberdade”.

Informa ainda na carta que não ficará isoladamente, mas que permanecerá filiado a CIMEB ( (Conseho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil) e explica que, se caso a CEADER (Convenção Evangélica das Assembléias de Deus no Estado do Rio de Janeiro), mudar seus estatutos e permitir que ele continue membro sem pertencer a CGADB ele se manterá filiado á esta convenção.

Segundo ele, pastores ligados a AD Vitória em Cristo, permanecem ligados a CGADB.
Reconhece que não é “grande” ou superior a nenhum outro pastor e explica que sua decisão é pessoal.

Leia a carta




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário